Skip to content

VITÓRIA CIDADANIA

Atividades do projeto social em 2016 foram encerradas com visita do zagueiro Kanu

08/12/2016 | 20h28

As atividades do projeto social Vitória Cidadania foram encerradas em grande estilo no Complexo Barradão. Nesta quarta-feira, o zagueiro Kanu, que se reapresenta junto ao elenco profissional no dia 9 de janeiro para a realização da pré-temporada, fez uma visita às crianças do projeto e contou um pouco sobre a sua trajetória de vida e as dificuldades superadas para tornar-se um atleta de futebol profissional.

“Me vejo muito nessas crianças e pude passar um pouco da minha experiência de vida. A iniciativa do clube é fantástica e espero que possa continuar em 2017”, destacou o defensor rubro-negro.

Iniciado em outubro deste ano, o Vitória Cidadania oferece aulas gratuitas de seis modalidades no Complexo Barradão: futebol, futsal, futevôlei, basquete, vôlei de quadra e vôlei de praia. O clube disponibiliza material esportivo, uniforme, transporte e alimentação. São utilizadas 5 quadras poliesportivas, 2 quadras de areia e 3 campos oficiais de futebol.

O projeto foi iniciado após convênio firmado entre a prefeitura e os clubes sociais, possibilitando atividades gratuitas para crianças e adolescentes carentes entre 7 e 17 anos, a partir do mês de outubro.

A ação atende a uma demanda de mais de 30 anos e culminou no decreto assinado pela Prefeitura, que reduz em até 70% o valor do IPTU para clubes sociais de caráter desportivo e cultural, que incentivem a prática esportiva. Em contrapartida, as entidades vão oferecer vagas para que crianças e adolescentes pratiquem atividades nas dependências durante, no mínimo, 400 horas por ano, podendo desfrutar das aulas e equipamentos.

Todo o processo de cadastro das vagas é feito pela Secretaria Municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza (Semps), por meio dos Centros de Referência e Assistência Social (Cras).

“O esporte é um meio de transformação social. O Vitória é muito mais que um time de futebol. Temos consciência de que podemos contribuir para um futuro melhor e influenciar positivamente as crianças beneficiadas pelo Vitória Cidadania”, comentou Many Gleize, coordenadora do projeto.

Fotos: Francisco Galvão/EC Vitória

img_0750

img_0751