Skip to content

SUPREMACIA NO MAR

Vitória vence regata festiva e conquista troféu em homenagem à atleta paralímpico

31/10/2021 | 16h44

Mais um troféu para enaltecer a extensa galeria na sede na Enseada dos Tainheiros. Neste domingo, a equipe de remo do Vitória sagrou-se campeã da regata festiva celebrando o retorno das competições depois de quase dois anos sem competições em função da pandemia coronavírus.

Na Praia da Ribeira, o Rubro-Negro foi absoluto. Venceu seis das 10 provas e ainda foi prejudicado na disputa do 4/Com Principiante, pois estava na liderança quando sofreu uma abalroamento, anulando assim a prova.

O Vitória chegou na frente nas seguintes provas: Double JR, 2/Sem Peso Leve, Skiff Sub-23, 2/Com Timoneiro, 4/Sem JR e Double Feminino Sub-23.

Assim, conquistou o troféu com o nome do remador paralímpico Renê Campos Pereira, medalhista nas Paralimpíadas de 2020 disputadas somente este ano em Tóquio por causa da pandemia do coronavírus.

Baiano nascido em Itapatinga, no Sudoeste do Estado, Renê Campos, de 41 anos de idade, é médico. Ele foi o primeiro brasileiro medalhista individual masculino do remo na história dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Ele conquistou o terceiro melhor tempo na final do Skiff simples PR1M1.

FOTO: Divulgação/ECV