Skip to content

REMO EQUIPADO

Atletas ganham equipamento para aperfeiçoamento técnico

12/12/2019 | 17h46

O departamento de remo do clube ganhou  um remoergometro, aparelho que simula movimentos e auxilia no aprimoramento dos atletas. A doação foi feita pelo presidente Paulo Carneiro, um entusiasta desse esporte, inclusive tendo sido remador na juventude. Paulo já havia doado tempos atrás um aparelho do mesmo tipo.

O aparelho trabalha quase toda a musculatura das costas, assim como os bíceps, quadríceps e glúteos, é utilizada no movimento de puxada. O remo seco trabalha e exercita o corpo inteiro envolvendo vários grupamentos musculares.

O presidente quando da sua primeira passagem também doou um barco Outrigger a 8 remos, que leva o nome de seu pai Ruy Carneiro, ex- atleta e ex- dirigente do clube.

O remo é o esporte olímpico mais tradicional do Vitória. Desde 1901, o rubro-negro mantém uma tradição de títulos, conquistando 24 das 30 competições que disputou entre 1943 e 1972, além de ostentar o recorde baiano de títulos consecutivos, quando venceu 12 entre 2002 e 2013.

O ano de 2013 foi marcado pela conquista do décimo segundo título consecutivo, recorde brasileiro atual. Já conquistamos 10 títulos de campeões do Norte e Nordeste. Somos campeões baianos invictos de 2017.

A sede de remo na Enseada dos Tainheiros, na praia da Ribeira, tem 24 barcos, uma academia, remadeira,  equipamento que permite treinar o remador sem necessidade de ir para o mar, garantindo um melhor rendimento nos treinamentos, principalmente nos dias chuvosos ou com mar agitado, e agora ganhou o remoergometro .