Skip to content

PÓS-JOGO

Gol em lance de bola parada deixa Ramon "extremamente chateado"

25/07/2021 | 1h47

Chateado com mais uma derrota, o técnico Ramon Menezes lamentou, novamente, que o Vitória tenha sofrido de um lance de bola parada o gol que garantiu ao CSA vencer por 2 a 1 o duelo deste sábado, à noite, no Rei Pelé, em Maceió, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

“Nós tomamos um gol de bola parada novamente, uma situação que a gente treina muito. A gente está extremamente chateado”, disse o treinador.

Para Ramon, por causa da vitória diante da Ponte Preta, foi criada uma expectativa enorme para o jogo contra os alagoanos. O técnico admite que o time entrou concentrado e que fez um jogo equilibrado.

“Nós, hoje, entramos na partida, de uma certa maneira, concentrados. Fizemos um jogo equilibrado no começo. Depois, deixamos o CSA gostar do jogo. Eles tiveram o controle das ações, depois dos 30 do primeiro tempo. No segundo tempo, nós cometemos esses dois erros. Eu costumo dizer que são erros coletivos”, analisou.

Ramon reconhece que o time ainda erra em algumas situações e acredita que somente com muito trabalho conseguirá corrigir os problemas e o Vitória começar a se recuperar na competição.

“Desde que eu cheguei, venho falando muito do equilíbrio. Nós estamos pecando em algumas situações, tomando gols que treinamos muito. Tomamos um gol de bola parada contra o Brasil, que não pode acontecer. Quem vê, acha que a gente não treina. Mas a gente treina muito bola parada. Um erro desse custa caro. Hoje, novamente, tomamos um gol de bola parada, de escanteio. É buscar novamente o equilíbrio e continuar trabalhando”, afirma.

Terça-feira, o Vitória já volta a campo. Desta feita, o jogo será pelas oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Grêmio, às 21h30, no Barradão.

“Temos que passar confiança para os jogadores, porque já temos outra competição, contra um grande clube. Então, temos que recuperar a partida”, disse.

FOTO: Ascom/ECV