Skip to content

NOITE DE ESPERANÇA

Vitória joga no Barradão em busca de seguir firme na luta pela permanência na Série B

14/11/2021 | 10h20

A noite deste domingo (14), véspera do feriado da Proclamação da República, certamente será inesquecível para o torcedor rubro-negro.  Na caminhada para se manter no Brasileirão da Série B, o Vitória enfrenta o Cruzeiro, pela 36ª e antepenúltima rodada da competição nacional em 2021.

O jogo está marcado para as 19 horas, no Estádio Manoel Barradas, e a previsão é de casa cheia, apesar do tempo chuvoso em Salvador.  A torcida se movimenta para apoiar o time do Vitória, motivada pela espetacular vitória sobre o Vasco por 3 a 0, quarta-feira passada, em São Januário.

As duas equipes ocupam posições diferentes na classificação do Brasileirão. O Vitória deu uma boa respirada. Alcançou 37 pontos com os três ganhos no Rio e subiu para a 18ª colocação, reduzindo o risco de rebaixamento que era de 97% para 85%. Com 46 pontos, na 11ª posição, o Cruzeiro somente vai cumprir tabela nas rodadas finais.

O Vitória, diferentemente, encara os três jogos restantes da competição como “autênticas finais”. Os rubro-negros estão conscientes que ganhar os três pontos no duelo com os mineiros pode fazer com o que a equipe deixe a zona de rebaixamento e aumente mais ainda a possibilidade de continuar na Série B.

“O time precisa manter a humildade, seriedade. Mesmo comprometimento que os jogadores estão tendo, para a gente, em casa, fazer o nosso dever. É muito importante conquistar a vitória dentro de casa”, afirma o comandante Wagner Lopes, que projeta um duelo complicado contra o Cruzeiro, que vem jogar sem nenhuma pressão e está numa crescente sob comando do experiente Vanderlei Luxemburgo.

O treinador  Wagner Lopes de 52 anos de idade, nascido em Franca (SP), e com dupla nacionalidade – é cidadão japonês – confessa que o Vitória precisará estar em estado sereno neste domingo para ter capacidade de obter o resultado positivo.

Treinando o time desde agosto  – estreou dia 15 empatando com o CRB por 1 a 1 no Barradão -, Wagner Lopes completou ontem três meses no clube. Disputou 18 partidas pelo Brasileirão, com cinco vitórias, oito empates e cinco derrotas, aproveitamento de 42,59%. Na conta, tem mais dois jogos pela Pré-Copa do Nordeste, com uma vitória e um empate.

Wagner é o terceiro técnico do rubro-negro no Brasileirão. Sucedeu a Ramon Menezes, o “Reizinho da Toca”. Rodrigo Chagas iniciou a temporada e um dos assistentes fixos do clube, Ricardo Amadeu, filho do saudoso Carlos Amadeu, assumiu interinamente em duas partidas.

Uma delas, coincidentemente, foi contra o Cruzeiro. No 1º turno, na Arena Independência, em Belo Horizonte, terminou empatada em 2 a 2. Naquela partida, disputada em 11 de agosto, Samuel marcou seus únicos dois gols até aqui no Brasileirão.

E o Vitória novamente entra em campo desfalcado. Desta feita, o volante/meia Fernando Neto é que fica afastado por ter completado o ciclo de três advertências com cartão amarelo.

Enquanto Fernando Neto estará na torcida pelos companheiros, o meia Bruno Oliveira retorna. Na rodada passada, ele esteve ausente em função do terceiro cartão amarelo.

O Cruzeiro é, digamos, uma pedra no caminho do Leão. A última vitória rubro-negra foi em 2010, por 1 a 0, jogando como visitante, pela 34ª rodada do Brasileirão da Série A. São 16 jogos de lá até aqui, com cinco empates e 11 derrotas.

Pelo Brasileirão da Série B, o duelo deste domingo será o quarto: dois triunfos mineiros (ambos em 2020) e o empate este ano. No retrospecto geral são 50 jogos, e o Vitória venceu somente nove e empatou 10.

CAMPEONATO BRASILEIRO | SÉRIE B 2021
36ª Rodada

VITÓRIA X CRUZEIRO
Data: 14/11 – DOM
Local: Barradão, Salvador (BA)
Horário: 19 horas
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes – AB (GO)
Assistente 1: Fabrício Vilarinho da Silva – FIFA (GO)
Assistente 2:  Cristhian Passos Sorence – AB (GO)
Quarto Árbitro: Wagner Francisco da Silva Souza – CD (BA)
Analista de Campo: Cláudio Antônio Dias Aragão – CBF (BA)
Árbitro de Vídeo: Elmo Alves Rezende Cunha – MTR (GO)
AVAR: Edson Antônio de Sousa – AB (GO)
Observador VAR: José Henrique de Carvalho – CBF (SP)