Skip to content

NÃO DEU

Leão sofre gols no segundo tempo, perde para o Athletico Paranaense e encerrará na terça-feira (10) a participação na competição

07/11/2020 | 18h38

Neste sábado (7), os Leões da Toca enfrentaram o Athletico Paranaense, no CT do Caju, em Curitiba (PR), e perderam por 2 a 0. Juninho e Vinicius Kauê, ambos na segunda etapa, fizeram os gols da partida.

O primeiro tempo começou com o Athletico melhor. Aos 11 minutos, Vinicius Cauê chutou na trave e quase abriu o placar. O Vitória aos poucos se recuperou na partida e teve na cabeçada Cauê, aos 20 minutos, a chance de abrir o placar. Wanderson também tentou para o Leão, mas sem sucesso.

No segundo tempo, foi a vez do Vitória começar em cima. Aos 10 minutos, Davi recebeu cruzamento no segundo pau, cabeceou para o meio da área, e a defesa paranaense afastou.

Sob alta temperatura no CT do Caju, o Athletico realizou mudanças para oxigenar o time. As mudanças surtiram efeito e os paranaenses abriram o placar aos 25 minutos com Juninho, após bela cobrança de falta.

O Vitória passou a pressionar, teve um bom volume e posse de bola no ataque. Tentou através de tabelas e bolas paradas, mas não conseguiu empatar. Já no final da partida, Vinicius Kauê foi derrubado na área e sofreu pênalti. Na cobrança, o próprio Vinicius bateu e deu números finais.

O Vitória agora retorna para Salvador, onde encerrará a sua participação no Campeonato Brasileiro Sub-17, contra o Flamengo. A partida será na terça-feira (10), às 15 horas, no Estádio Manoel Barradas.

BRASILEIRO SUB-17
8ª rodada – 1ª fase
Athletico Paranaense 2 x 0 Vitória
Data: 7/11 – SÁB
Hora: 15 horas
Local: CT do Caju, Curitiba (PR)
Árbitro: Murilo Ugolini Klein, auxiliado por Andrey Luís Freitas e Leandro Polli Glugoski (trio paranaense)
Gols: Juninho aos 25min e Vinicius Kauê aos 47min do 2º tempo
Cartão Amarelo: Gabriel (VIT), Kauan, Jader, Lucca e Vinicius Kauê (ATL)

VITÓRIA: Ryan; Wenderson, Cauê, Pedro Felipe e Ainoã (Arlysson); Davi, Breno e Hugo (Charlys); Felipe Araújo (Gabriel), Guilherme e Wanderson. Técnico: Adolfo Teles.

FOTO: Arquivo/Ascom-ECV