Skip to content

MELHOR SORTE

Barroca resume: “Se tivesse que ter um vencedor, seria o Vitória”

17/10/2020 | 21h16

“Se tivesse que ter um vencedor, seria o Vitória”.

Desta forma, o técnico Eduardo Barroca definiu o jogo deste sábado (17) à tarde diante da Chapecoense, que terminou empatado em 1 a 1, na Arena Condá, em Chapecó (SC).

“Jogamos muito bem. Tivemos mais posse de bola, mais finalizações, mais bolas paradas, mais chutes no gol. Entendo que o trabalho dessa semana surtiu efeito e conseguimos evoluir”, acrescentou.

Satisfeito com o desempenho do time, Eduardo Barroca, que comandou o Leão pela segunda vez, entende que ainda precisa evoluir muito. “Muito importante pegar a referência do jogo de hoje e trabalhar em cima disso para melhorar a equipe. O trabalho é muito recente, então a gente precisa continuar com o botão de emergência ligado. Trabalhando muito firme e com padrão de excelência alto, para que já no próximo jogo, a gente consiga atuar melhor e consiga a vitória”, disse.

BAIXAS NA EQUIPE

O meia Fernando Neto, com lesão grau 1 na posterior da coxa esquerda, sequer viajou; O zagueiro Wallace se lesionou durante o treino de sexta-feira em Chapecó, acusanso uma dor no adutor da coxa esquerda e foi vetado após o exame realizado pelo médico Marcelo Midlej. Já no decorrer da partida, o volante/meia Gerson Magrão levou uma forte pancada nas costas e a suspeita é de lesão nas costelas. O jogador será avaliado terça-feira em Salvador.

“O exame inicial indica a fratura, mas vamos aguardar o raio-x”, disse o médico no vestiário da Arena Condá ao final da partida.

Sobre os problemas, Barroca falou: “Sempre ruim perder jogadores importantes. Isso enfraquece a competição interna, que eu valorizo muito. Mas eu tenho por hábito valorizar quem está à disposição. Vitória tem um grupo de jogadores, todos com seu valor e sua capacidade. Quem estiver apto vai ser trabalhado para que a gente possa fazer uma grande preparação e um grande jogo”.

O próximo jogo do rubro-negro será contra o Guarani, quinta-feira (22), às 21h30, no Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).

A equipe desembarca às 0h50 desta segunda-feira em Salvador e às 15h45 está programada a reapresentação no CT Manoel Pontes Tanajura.

Fotos: Márcio Cunha/ACF