Skip to content

GOLS DE PÊNALTIS

Com menos um, Vitória reage e estreia com empate no Brasileiro Sub-20

23/09/2020 | 17h28

Com gols em cobranças de pênaltis, o Vitória estreou empatando em 1 a 1 com o Santos, na tarde desta quarta-feira (23) no Campeonato Brasileiro Sub-20. O jogo foi realizado no Barradão e o Rubro-Negro atuou com 10 atletas desde os 26 minutos do primeiro tempo após a expulsão do zagueiro Marco Antônio.

O Vitória volta a jogar sábado (26) contra o Vasco, às 15 horas, no Estádio Nivaldo Pereira, em Nova Iguaçu (RJ). O adversário estreou perdendo por 1 a 0 diante do Cruzeiro em Belo Horizonte (MG).

Matheus Morais abriu o placar para o Santos cobrando pênalti aos 27 minutos do 1º tempo. Dez minutos depois, Samuel, também em cobrança de pênalti, empatou para o Rubro-Negro.

O Vitória criou mais oportunidades e acabou sofrendo o gol num vacilo defensivo que culminou na falta feita por Marco Antônio dentro a área, aos 26 minutos. Como já tinha cartão amarelo, o atleta terminou expulso.

Inferiorizado numericamente e no placar, o Vitória se agigantou ainda mais com a disposição dos atletas e conseguiu por diversas vezes envolver o adversário. Aos 36 minutos, João Victor sofreu o pênalti, convertido com Samuel deslocando o goleiro.

No segundo tempo, o Vitória voltou a ter mais oportunidades, mas o placar não foi movimentado.

CAMPEONATO BRASILEIRO SUB-20
Vitória 1 x 1 Santos (SP)
1ª Rodada – 1ª Fase
Local: Estádio Manoel Barradas, Salvador (BA)
Data: 23/09 – QUA
Horário: 15 horas
Árbitro: Edvalter Marinho dos Santos, auxiliado por Paulo de Tarso Bregalda Gussen e Wesley Silva Santos (trio baiano)
Gols: Matheus Morais (SAN-pênalti) aos 27min e Samuel (VIT-pênalti) aos 37min do 1º tempo
Cartão Amarelo: Jorge Fiúza (VIT), Jonathan e Deriuck (SAN)
Cartão Vermelho: Marco Antônio (VIT) aos 26min do 1º tempo

VITÓRIA: Yuri; João Victor, Marco Antônio, John e Elivelton (Dante); Barreto, Guilherme (Jorge Fiúza) e Gabriel Santiago (Pedrinho); David (Tássio), Samuel (Alisson) e Ruan Nascimento. Técnico: Rodrigo Chagas.

Fotos: Letícia Martins/ECV