Skip to content

FOCO TOTAL NA SÉRIE B

Guerreiros se reapresentam e Wagner comanda treino no CT rubro-negro

19/11/2021 | 11h48

Os guerreiros rubro-negros não descansam. Após o jogo contra o Botafogo (PB), quinta-feira à noite, o time se reapresentou na manhã desta sexta-feira e começou a trabalhar com vista ao jogo contra o CRB, segunda-feira, às 18 horas, no Rei Pelé, em Maceió.

Válido pela 37ª e penúltima rodada do Brasileirão, o jogo é decisivo para as pretensões do Vitória que busca garantir a permanência na Série B em 2022.

“Não adianta a gente ficar pensando no que aconteceu (a eliminação para a Copa do Nordeste em 2022). É concentrar. A gente vai viajar para Maceió, ficar concentrado e manter a intensidade. É um jogo fundamental. A gente vai para Maceió sabendo da importância de trazer um resultado positivo de lá. É mudar a mentalidade, descansar. E pensamento positivo” observa o treinador.

A viagem para a capital de Alagoas será no domingo. Antes, a equipe treina neste sábado e domingo, ambos pela manhã, mais uma vez no Centro de Treinamento Manoel Pontes Tanajura.

Nesta sexta-feira (19), a reapresentação ocorreu às 9 horas e os jogadores e comissão técnica cumpriram o protocolo de exame para detecção da Covid-19.

Depois, Wagner Lopes reuniu o grupo para uma conversa no vestiário. Na sequência, mandou para a academia os titulares que fizeram o regenerativo sob a coordenação do fisiologista Rafael Daltro.

O outro grupo realizou atividades no campo 1 do Centro de Treinamento. Aquecimento com o preparador físico Ednilson Sena abriu a agenda de atividades no gramado.

Posteriormente, treinos técnicos em espaço reduzido sob comando de Wagner Lopes, auxiliado pelos assistentes Sandro Rosa e Ricardo Amadeu. O ex-zagueiro Flávio Tanajura, o outro assistente fixo do clube, viajou para ministrar aula em um curso da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) realizado em São Paulo.

Os goleiros – Yuri, Cabral, Caíque, Lucas Arcanjo e Ronaldo – participaram de um trabalho comandado pelo preparador Itamar Ferreira.

Marcinho segue em tratamento médico da pequena lesão que sofreu na posterior da coxa esquerda por ocasião do jogo contra o Cruzeiro,  quando precisou ser substituído ainda no primeiro tempo.

FOTOS: Pietro Carpi/ECV