Skip to content

ENTREVISTA/JOÃO BURSE

Técnico vira a chave e já começa a pensar no duelo com o Mirassol no domingo

01/08/2022 | 9h30

O técnico João Burse começou o mês e agosto já pensando na partida de domingo contra o Mirassol, em Mirassol (SP). Após o empate em 2 a 2 com o ABC de Natal, na 17ª rodada, o Vitória não conseguiu entrar no G-8 e definirá seu futuro no Brasileiro da Série C nas duas últimas partidas.

“Vamos voltar (aos treinos), passar o vídeo, ver o jogo, analisar o que funcionou e o que não funcionou. Tudo para buscar uma vitória fora de casa que é fundamental para nossa classificação”, disse Burse na coletiva pós-jogo.

Sobre o jogo diante do ABC, o comandante rubro-negro fez o seguinte comentário:
“Foi um jogo equilibrado, contra uma equipe que a gente sabia que seria difícil. Ambas as equipes criaram chances de gol. Fizemos o primeiro e logo em seguida tomamos o empate. Depois ficamos na frente outra vez, mas acabamos tomando o gol em um lance que eles tiveram muita liberdade para chutar. No final tomamos conta, substituímos, tivemos a cabeçada do Dinei, acho que que podíamos ter explorado mais essa bola alta. Estamos conseguindo chegar no terço final, isso é importante. Precisamos ser mais agressivos quando chegar lá.Todos estão muito incomodados, foi uma festa linda da torcida. Fizemos tudo que estava ao nosso alcance, lutamos até o minuto final, mas não aconteceu. Temos que levantar a cabeça e continuar”.

João Burse comentou a estreia do volante Zé Vítor, a recente contratação do clube.

“A gente analisou que precisava arriscar um pouco mais. Pensamos no Gabriel, mas aí seria arriscar demais. O Zé Vitor, como é um segundo volante, tem mais chegada, optamos por ele”.

FOTOS: Pietro Carpi/ECV