Skip to content

E QUE GOLAÇO!

Eduardo segue comemorando o gol que levou o Vitória às semifinais

19/04/2021 | 12h06

Foram muitos os questionamentos que passaram pela cabeça de Eduardo enquanto se tratava da hérnia discal. Mas ele não perdeu a fé, teve apoio do clube, dos familiares e amigos, e foi um paciente dedicado, cumprindo à risca as recomendações médicas.

Recuperado após 62 dias, o jovem volante/meia rubro-negro voltou aos gramados sábado passado, e com um golaço marcado aos 45 minutos, garantiu o Vitória nas semifinais da Copa do Nordeste.

Nesta segunda-feira, por ocasião da reapresentação do grupo, Eduardo fez questão de dividir com os companheiros a felicidade pelo retorno que considerou acima da expectativa.

“Foi um momento muito difícil para mim. Agradecer a Deus e, principalmente, à minha família por ter passado esse tempo que passei fora. Estiveram sempre comigo. Poder marcar um gol como esse nas quartas de final da Copa do Nordeste, pode ter certeza que foi um sonho realizado”, comentou o jogador durante a coletiva concedida na reapresentação.

Eduardo revelou que, na jogada do gol, geralmente ele bate com força na bola. Porém, com receio de chutar com excesso de força – sentia as dores lombares justamente quando usava a perna esquerda – decidiu encobrir o goleiro e foi feliz. “Hoje, no treino, teve um lance idêntico. Yuri se adiantou e tentei encobrir. Bateu no travessão e saiu. Ainda bem que foi no treino…”.

Após suportar bem os minutos que atuou – entrou aos 32 minutos e o jogo foi encerrado aos 49 -, Eduardo treinou forte nesta segunda, e confessa estar preparado para aguentar uma partida inteira.

“Estou preparado, se for para jogar na quarta, se for para jogar no sábado, me sinto preparado. Mas deixo a cargo do professor Rodrigo (Chagas), se acha melhor na quarta ou se vai preferir me usar no sábado”.

Eduardo é uma das crias da divisão de base rubro-negra que foi lançada pelo técnico Rodrigo Chagas.

FOTO: Pietro Carpi/ECV