Skip to content

BRASILEIRO SUB-20

Por causa da Covid-19, Vitória escala time praticamente reserva e perde clássico

14/10/2020 | 18h11

Com um time praticamente reserva por causa da Covid-19, que afastou 19 atletas da categoria, o sub-20 do Vitória foi derrotada no clássico BA-VI, por 1 a 0. A partida foi disputada na tarde desta quarta-feira (14) no Centro Esportivo de Praia do Forte, em Mata de São João (BA), às 15 horas.

Mesmo com uma equipe bastante desfalcada, o Vitória entrou em campo pressionando o adversário. No primeiro minuto, Gabriel Santiago cabeceou na trave após cruzamento de Edi Carlos.

Aos 10 minutos, David sofreu pênalti. Samuel deslocou o goleiro, mas acertou na trave. Ainda no primeiro tempo começaram a aparecer os sucessivos erros de arbitragem. O árbitro Bruno Pereira Vasconcelos aplicou apenas cartão amarelo ao defensor do Bahia após agredir Samuel com uma cotovelada no rosto.

No segundo tempo, o Vitória voltou em cima do adversário e quase abriu o placar com Samuel. O árbitro novamente apareceu para interferir no resultado do jogo quando não marcou outra penalidade em David, que estava com uma chance clara e manifesta de gol.

A equipe do Bahia adotou um rodízio de faltas, e o árbitro errou diversas vezes nas interpretações dos lances, deixando de expulsar os adversários que já tinham advertência com cartão amarelo.

No final do jogo, Daniel completou um cruzamento vindo da esquerda e marcou o único gol da equipe.

O Vitória voltará a campo no próximo domingo, contra o Sport, às 15 horas, no Barradão.

BRASILEIRO SUB-20
5ª rodada – 1ª fase
Bahia 1 x 0 Vitória
Data: 14/10 – QUA
Local: Centro Esportivo de Praia do Forte, Mata de São João (BA)
Hora: 15 horas
Árbitro: Bruno Pereoira Vasconcelos, auxiliado por Carlos Eduardo Bregalda Gussen e Daniella Coutinho Pinto (trio baiano)
Gol: Daniel (BAH) aos 44min do 2º tempo
Cartão Amarelo: Lucimário, Thiago, Luiz Felipe, Vinícius e José (BAH)

VITÓRIA: Yuri; Edi Carlos (Felipe), Marco Antônio, Mateus Moraes e Pedrinho; Barreto, Figueiredo (Guilherme) e Gabriel Santiago (Alisson); Hítalo (Dante), Samuel e David (Luan Gabriel). Técnico: Rodrigo Chagas.