Skip to content

CERTIFICADO RECUPERADO

Vitória volta a ser um grande formador de jovens talentos

19/07/2021 | 21h46

Vitória volta a ter segurança como um grande formador de jovens talentos, num esforço para recuperar seu prestígio perante a um mercado cada vez mais concorrido.

Depois de uma luta árdua, o Esporte Clube Vitória conseguiu, finalmente, resgatar o Certificado de Clube Formador. Esse documento é fornecido pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) às associações que preparam jovens atletas para os mercados nacional e internacional.

Assim que reassumiu a direção rubro-negra, o presidente, dentre outras providências, começou a se movimentar para atender às exigências da Lei Pelé e recuperar a condição de clube formador.

A Lei Pelé, para autorização do certificado, determina que o clube possua um programa de treinamento esportivo e escolar, laudos atualizados, inclusive contra incendio( instalação nova), assistência médica e boas condições de alimentação, higienização, segurança e salubridade nas instalações do Alojamento e do Centro de Treinamento.

O Vitória cumpriu todas as etapas e, a partir de agora, passa a ter direito aos benefícios de assinar o primeiro contrato profissional com o atleta e preferência na renovação, garantia legal para evitar o aliciamento de terceiros e abandono intencional do atleta, receber todos os investimentos na formação, se não assinar o primeiro contrato por oposição do atleta ou quando ele se vincular a outro clube sem autorização do clube formador, entre outros.

O presidente Paulo Carneiro comemora mais essa realização em sua gestão. “Foi uma luta nos adequarmos às exigências, pelos parcos recursos, mas conseguimos com muita persistência. Sem o Certificado, o clube fica completamente desprotegido nos seus investimentos e na atração de parceiros. O Vitória, que sempre foi clube formador, tinha perdido essa condição e a recuperamos”, comenta.