Skip to content

BRASILEIRO SUB-17

Leão sofre virada e encerra participação com derrota na competição

10/11/2020 | 19h51

O Vitória se despediu nesta terça-feira (17) do Brasileirão Sub-17. Em partida disputada às 15 horas, no Estádio Barradão, o Rubro-Negro saiu na frente com Felipe Araújo, mas sofreu a virada diante do Flamengo e perdeu por 2 a 1.

O Vitória começou o jogo tendo a posse da bola e o Flamengo mantendo as linhas baixas. O gol do Leão saiu após longa troca de passes na defesa, passando por vários jogadores. A bola chegou ao zagueiro Guilherme Kayron, que driblou um adversário, e lançou para Felipe Araújo invadir a área, passar pelo goleiro e finalizar.

Quando o primeiro tempo parecia que terminaria com o Vitória na frente, o Flamengo reagiu. Primeiro, Rayan Lucas empatou aos 44 minutos, chutando duas vezes após cobrança de escanteio e confusão dentro da área. Depois, nos acréscimos, Daniel virou para a equipe carioca.

O segundo tempo foi de equilíbrio nas ações. Mais experiente, o Flamengo segurou bem para a pressão do rubro-negro baiano até o final do jogo, foi saldo pelo goleiro do Flamengo em alguns lances e teve sorte na bomba desferida pelo meia Patrick que a bola explodiu no travessão.

A equipe treinada por Adolfo Teles se despediu sem vencer na competição. Em nove rodadas, foram dois pontos somados em empates com Santos e Cruzeiro, ambos fora de casa. No Barradão, o Leão foi derrotado por São Paulo, Fluminense, Ceará e Flamengo.

BRASILEIRO SUB-17
9ª rodada – 1ª fase
Vitória 1 x 2 Flamengo (RJ)
Data: 10/11 – TER
Hora: 15 horas
Local: Estádio Manoel Barradas, Salvador (BA)
Árbitro: Eziquiel Sousa Costa, auxiliado por Ledes Jose Coutinho e Marcus Vinicius Ferreira de Souza (trio baiano)
Gols: Felipe Araújo (VIT) aos 8min, Ryan Lucas (FLA) aos 44min e Daniel aos 50min do 1º tempo
Cartão Amarelo: Guilherme Kayron, Pedro Felipe, Felipe Araújo (VIT) e Andrey (FLA)

VITÓRIA: Ryan; Wenderson, Pedro Felipe (Cauê), Guilherme Kayron e Ainoã; Davi (Gabriel), Breno e Alisson (Patrick); Felipe Araújo (Hugo), Guilherme (Gustavo) e Wanderson. Técnico: Adolfo Teles.

FOTOS: Victor Ferreira/ECV