Skip to content

BOA RECORDAÇÃO

Rubro-negro chegou às semifinais da Copinha em 93, liderado por Dida, Vampeta e Paulo Isidoro

02/01/2022 | 11h30

O Vitória estreou na Copinha no ano de 1983. Disputou a edição do ano seguinte, e depois ficou alguns anos de fora da competição organizada pela FPF (Federação Paulista de Futebol), retornando somente em 1993.

E foi justamente no retorno que conseguiu sua melhor campanha até aqui: chegou às semifinais. Cheio de jovens talentos, a exemplo do goleiro Dida, do volante Vampeta, ambos pentacampeões mundiais, e Paulo Isidoro, o Rubro-Negro encantou o Brasil com um futebol envolvente e de muita qualidade.

Enfrentando o cansaço por causa da desgastante viagem de ônibus, na primeira fase o time estreou perdendo para Palmeiras (2 x 0). Depois, embalou. Goleou o Atlético Mineiro (5 x 2) e empatou com o Paraná (1 x 1), classificando-se em 2º lugar no Grupo C pelo saldo de gols.

Na segunda fase foram três vitórias: 1 a 0 sobre o rival Bahia, Noroeste (2 x 1) e Botafogo-SP (1 x 0).

Nas semifinais, a inesperada derrota por 1 a 0 para o São Paulo tirou do rubro-negro o direito de disputar o título. Ficou com a medalha de bronze ao vencer a Portuguesa (SP) por 1 x 0 na disputa pelo terceiro lugar.

No ano seguinte, o Vitória chegou credenciado pela boa campanha em 93, e venceu os três jogos na primeira fase sem sofrer um gol: 2 x 0 no Fluminense (RJ), 2 x 0 no Atlético Mineiro e 1 x 0 no Juventus (SP).

Na segunda fase, ganhou de 2 a 0 da Portuguesa, empatou em 0 a 0 o clássico doméstico com o Bahia, e teve a sequência invicta quebrada pelo Corinthians com a derrota por 1 x 0. Mas classificou-se.

Nas quartas, mais uma vez o São Paulo apareceu pela frente e nova derrota: 2 a 0 com eliminação.

O Vitória alcançou mais três vezes às quartas de final nos anos de 2012, 2015 e 2018.

Lista de participações do Vitória na Copa São Paulo

1983 – Primeira fase
1984 – Primeira fase
1993 – terceiro lugar
1994 – quartas de final
1995 – Primeira fase
1996 – Primeira fase
1997 – oitavas de final
1998 – oitavas de final
1999 – Primeira fase
2000 – Primeira fase
2001 – Primeira fase
2002 – Primeira fase
2003 – Primeira fase
2004 – Primeira fase
2005 – 16 avos de final
2006 – Primeira fase
2007 – oitavas de final
2008 – 16 avos de final
2009 – Primeira fase
2010 – 16 avos de final
2011 – oitavas de final
2012 – quartas de final
2013 – primeira fase
2014 – primeira fase
2015 – quartas de final
2016 – 32 avos de final
2017 – 32 avos de final
2018 – quartas de final
2019 – 32 avos de final
2020 – 32 avos de final

FOTO: Anderson Rodrigues/Paulistão