Skip to content

ADEUS, RUBRO-NEGROS

Morrem ex-diretor de remo do clube e Juca do "Bar"

30/11/2020 | 22h23

O Esporte Clube Vitória comunica com pesar o falecimento de dois tradicionais rubro-negros, ocorrido nesta segunda-feira (30): Duda Pinto e Juca do “Bar”.

O ex-diretor de remo, conselheiro e incansável colaborador Euduvaldo Júlio Fernandes Pinto, carinhosamente chamado de Duda Pinto, faleceu em decorrência de insuficiência cardíaca e respiratória.

Duda Pinto, 77 anos de idade (nasceu em 6/06/1943) foi diretor de remo nos anos 70 e de 2001 a 2005, e conselheiro da década de 70 a 2005.

Seu corpo será cremado às 11 horas desta terça-feira (1º), no cemitério do Campo Santo, na Federação, em cerimônia restrita aos familiares por causa da Covid-19.

JUCA DO BAR

Gildásio dos Santos Cerqueira, o Juca do “Bar”, assim ficou conhecido por explorar por muitos anos um bar no Estádio Barradão, onde reunia os amigos ao final dos jogos e sempre na época de festas – São João, Carnaval, etc – promovia eventos.

Juca tinha 57 anos de idade (4/07/1963)  e nasceu em Cacha Pregos, localizado no município de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica. Foi vereador por dois mandatos em Cacha Pregos e comerciante – depois que fechou o bar no Barradão, ele se instalou no bairro do Imbuí, e em seguida preferiu tocar a vida como artista plástico.

Juca estava internado há 10 dias após ser contaminado pelo coronavirus. Ele não resistiu e morreu nesta segunda à noite.

O sepultamento do querido torcedor rubro-negro, que deixa um legado de alegria e beleza que eram as inspirações para sua arte, será às 11 horas desta terça-feira, no cemitério do Campo Santo, e também restrito aos familiares.

O presidente Paulo Carneiro lamenta os falecimentos e destaca o altruísmo de Juca, que construiu o bar com recursos próprios para ajudar ao clube do coração.